Previous slide
Next slide

Cerca de 43 mil crianças voltam às aulas na rede municipal após o carnaval

Nesta quinta-feira (15), cerca de 43 mil crianças atendidas nas escolas da Educação Infantil e Ensino Fundamental I da rede municipal de Porto Velho voltaram às aulas. Esta etapa envolve os pequenos de até cinco anos e 11 meses de idade e os alunos com idade a partir dos seis anos, respectivamente. Na rede municipal da capital, são 141 unidades escolares.

Na Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Padre Chiquinho, no bairro Areal, Francisca Naiara levou o seu enteado, Cauan Felipe, que foi matriculado no quarto ano, para o primeiro dia de aula após o carnaval. “As expectativas são as melhores, sempre, ele merece uma escola boa, com espaço que inclui área esportiva e pátio, e agora após esse período de carnaval ele vai ter que engrenar para ter um bom desempenho escolar até o mês de julho, quando chegam as férias”, afirmou.

Maria Fernanda, de sete anos, estava “ansiosa e queria ver os colegas”, conta a mãe Carla Maria ao levar a menina para a escola. Carla relata que foi criada no bairro, e que os irmãos da pequena já frequentaram a escola. “Aqui sempre foi bem falado, eles são muito bem atendidos, aprendem sobre assuntos importantes na vida social também, aprendem a cuidar do meio ambiente, além dos professores bem atenciosos. Bem bacana a escola”, relata.

Conforme a diretora da Emef, Maria da Glória Nogueira Chaves, a instituição recebe crianças a partir de seis anos, do 1º ao 5º ano, e conta, atualmente, com 505 alunos. Desde 1973, a escola funciona em turno matutino e vespertino. A sede original da escola, que tem 50 anos, fica localizada na Av. Campos Sales, está passando por uma grande reforma estrutural. Atualmente, o prédio da escola fica no mesmo bairro, na Rua Esron de Menezes, onde funcionou o antigo Centro Profissionalizante do Menor.

“Sempre nos preparamos para receber crianças e famílias num ambiente aconchegante, bonito, para se sentirem acolhidos. Após esse período momesco, as aulas voltam com tudo, para que os alunos já entrem no ritmo do aprendizado”, afirma a diretora.

VAGAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL

Segundo a Semed, cerca de 1,2 mil famílias esperam uma vaga na rede. “A respeito do déficit de vagas nas creches e pré-escolas, foi realizada pela Prefeitura uma chamada para escolas particulares se cadastrarem na rede municipal para poder suprir essa demanda reprimida, mas mesmo com a gestão disposta a investir, a procura não superou as expectativas. A meta agora é reduzir o número de crianças não atendidas”, disse Gláucia Negreiros, titular da pasta.

Previous slide
Next slide

Notícias Relacionadas

  • All Post
  • Agronegócios
  • coluna
  • Cultura
  • Destaques
  • Esportes
  • Estilo de Vida
  • Geral
  • Notícias
  • Polícia
  • Política
  • Popular
  • Tecnologia
  • Tendências
  • Viagem

Comente sobre a notícia

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Previous slide
Next slide

Redes Sociais

Youtube

Facebook

Categorias

Tags

Edit Template

Assine a nossa newsletter

You have been successfully Subscribed! Ops! Something went wrong, please try again.

© 2023 Obotonews.com.br – O Boto News – Uma fonte confiável de jornalismo independente, a escolha certa para quem valoriza a credibilidade e a análise aprofundada dos acontecimentos.. desenvolvido pela CromaOn

Find Your Way!

Categories

Tags

Abrir bate-papo
Escanear o código
Olá 👋
Podemos ajudá-lo?